12 julho 2009

Sem palavras.

Ao som de Viðrar Vel Til Loftárása - Sigur Rós.

Venho descobrindo pessoas incríveis. Pessoas antigas, atuais. Certas pessoas têm me mostrado que cada dia vale a pena. Cada momento é único e essencial para que amizades se fortaleçam e se solidifiquem.
Deixa eu contar um segredo? Tenho deixado meu egoísmo de lado por todos vocês. Anos atrás procurava por amizades que não existiam. Eu não conseguia entender porque as pessoas não me passavam a sinceridade que eu buscava. Precisei de um ano sem vocês para entender. Vocês sempre foram sinceros, até demais. E essa sinceridade era tanta que chegava a me cegar. Estávamos tão íntimos que eu não percebia que vocês entendiam e torciam por cada passo meu. E eu procurando alguma forma de demonstrar que nisso existia reciprocidade. Não precisava. Vocês também percebiam isso.
Recebi hoje um e-mail especial. Uma amizade de quase 15 anos separada por um continente. Por mais que eu desejasse seu sucesso, não esperava te ver tão longe. Ainda torço por você, mas a saudade dói e sua risada faz falta.
Recebi hoje uma visita especial. Te ver na porta de casa foi algo excepcional. Quebrou minha rotina e me transformou na pessoa mais feliz naquele momento. Eu estava nervosíssimo por conta de problemas pessoais e você me tirou deles por poucas horas.
Somos antigos. Somos velhos. Seremos sempre as mesmas pessoas. Viramos crianças quando estamos juntos. É bom ter a certeza que sempre será assim.
Continuo descobrindo mais pessoas incríveis. Não preciso de muita coisa. Apenas de gente que consiga entender que por trás de um rapaz brincalhão existe alguém normal. Gente que vê além das brincadeiras, que enxerga meus problemas apenas com um olhar. Ganhei preciosidades. Bom saber que você é paciente. Que você acha interessantíssima toda a bobagem que eu tentei te dizer há dias. Minhas sérias bobagens foram tratadas tão bem... Dividimos a mesma opinião no final. Compartilhei 15 anos em um punhado de minutos. Descontei minha raiva acumulada e vi que você está sempre tentando me ajudar, mesmo me conhecendo a tão pouco tempo. Respeito o seu caráter acima de tudo e agradeço pelas palavras mais velhas que você. Excepcionalmente hoje eu fui o neto que pede conselhos ao avô.
De forma geral, quero agradecer a todas as pessoas que têm me dado a honra da compania. Seja ela distante ou não. Agradeço aos meus anos junto de pessoas incríveis. Admiro a individualidade de cada um. Choveu hoje. Cada gota que caiu foi um momento especial. Relembrei minha história, guardando pedaços de cada momento bom e ruim. O céu ficou nublado e as nuvens estão visíveis. Elas se parecem tanto com abraços... E isso cai bem para todos nós.

Deixe-me agradecer pelo céu nublado dessa noite. Ele me fez tão bem...

3 COMENTÁRIOS:

Guilherme Toscano disse...

Um dia vou merecer um post desse! =D

Pedro Carvalho disse...

Eu nunca desisti de você. Acho que ontem foi um marco e um início novo dessa amizade tão familiar que eu tenho pra mim. Te admiro muito, neto. =D

leris disse...

As coisas nunca acontecem por acaso..
A ideia de ir na sua casa simplismente surgiu. E qnd chego o que vc estava fazendo? Falando com aquela pessoa do outro lado do continente.
Foram uns minutos de lembranças de uma época que éramos despreocupados.
Foi bom para percebermos que o quão longe estaremos uns dos outros sempre estaremos no coração de cada um. Pelo menos é o que eu sinto...